Zinco

zincoA carne é uma das principais fontes de zinco, um mineral essencial para o metabolismo e para o crescimento, que atua na formação de enzimas e da insulina, assim como na recuperação de ferimentos e no funcionamento do sistema imunológico (nossa defesa natural contra as doenças). Além disso, o zinco é um mineral importantíssimo para o desenvolvimento do sistema nervoso central. Ele está relacionado com a inteligência e com desenvolvimento psicomotor de crianças e de adultos.

A deficiência de zinco pode levar a efeitos negativos de comportamento e a prejuízos nas funções cognitivas como o aprendizado. Além disso, pode causar diminuição da percepção gustativa (paladar), perda de apetite, atraso do crescimento, alterações na pele e depressão do sistema imune, o que facilita a instalação de doenças. Se a dieta fornecer quantidade de zinco insuficiente durante a gestação, o desenvolvimento do feto poderá ficar comprometido. Situações extremas de deficiência desse mineral provocam atraso na maturação sexual. Isso foi observado em populações submetidas a dietas bastante deficientes, baseadas apenas no consumo de cereais e pobres em produtos de origem animal.

O zinco, assim como o ferro, é geralmente deficiente na dieta de mulheres adultas, de crianças e de atletas.

É particularmente difícil obter a quantidade diária necessária de zinco se a carne não fizer parte da dieta.

Saiba mais sobre o zinco clicando aqui.