Ferro

ferroO ferro é um dos nutrientes mais importantes para o ser humano. Uma dieta balanceada é fundamental na obtenção de ferro. A carne é uma excelente fonte de ferro-heme, facilmente absorvido pelo organismo.

O ferro é fundamental para a formação das hemácias (células vermelhas do sangue, que carregam o oxigênio até as células, trazendo gás carbônico para expiração). Um nível adequado de ferro em nosso organismo nos dá energia, saúde e nos mantém alerta.

O ferro é encontrado nas carnes, gema de ovos, feijões, vegetais verde-escuros e cereais. Existem também alimentos industrializados fortificados com ferro, especialmente leites e os preparados com cereais como biscoitos e pães.

A forma de absorção do ferro contido nos alimentos depende de diversos fatores, como a forma sob a qual o ferro encontra-se no alimento. Cerca de 40% do ferro contido nas carnes é do tipo chamado de ‘ferro-heme’, que tem elevada absorção. Nos alimentos de origem vegetal, assim como para o ferro remanescente das carnes, encontra-se a forma não-heme, que sofre a influência de componentes da dieta e resulta em baixa absorção. Entre os componentes que causam diminuição da absorção de ferro total da dieta, estão os chás e o café, que possuem polifenóis, e os cereais integrais e farelos, que possuem fitatos. Outros produtos, como antiácidos e suplementos nutricionais a base de fosfato de cálcio, também diminuem a quantidade de ferro disponível. De outro lado, existem meios de melhorar sua absorção, por meio de combinações de alimentos fonte (como os feijões) e alimentos ricos em Vitamina C e proteína animal, que apresentam reconhecida capacidade de estimular o seu aproveitamento. Desta forma, a associação de frutas frescas às refeições é uma boa estratégia se o objetivo é combater a anemia.

Veja na tabela abaixo quais as necessidades diárias de ferro na alimentação de diferentes grupos da sociedade.

Quando não se consome alimentos que fornecem ferro, corre-se o risco de graves deficiências no organismo, que podem causar:

Cansaço exacerbado
Dificuldades de aprendizado
Dificuldade de concentração
Perda de apetite
Diminuição da capacidade de combater infecções
Maior intolerância ao frio
A deficiência de ferro por um prazo longo leva a anemia, que tem sintomas ainda mais severos
A anemia decorrente da falta de ferro, chamada ferropriva, acomete cerca de 25% da população mundial, sendo considerada a principal doença carencial do mundo e uma questão de saúde pública freqüentemente abordada pelos organismos internacionais de vigilância nutricional.

Em crianças, as conseqüências da deficiência de ferro são o baixo rendimento escolar, o aumento da susceptibilidade a infecções e, em casos mais severos, o comprometimento do desenvolvimento intelectual. Para os adultos, os efeitos sobre a profissionalização são marcantes, pois indivíduos submetidos a anemia de início precoce apresentam menor capacidade para o trabalho.

Na população humana, existem alguns grupos que tem ainda maior necessidade de ingestão de ferro:

Crianças de até cinco anos de idade
Adolescentes
Mulheres na faixa etária de aproximadamente 12 a 54 anos, pela perda regular de sangue pela menstruação. A necessidade de ferro neste caso é o dobro da necessidade de ferro de um homem adulto
Gestantes
Atletas e pessoas com vida muito ativa
Vegetarianos
Se a carne não faz parte da dieta, é particularmente difícil de se obter a quantidade diária necessária de ferro. As pessoas que decidem parar de consumir carne vermelha, além de terem uma grande dificuldade de repor os nutrientes que esta proteína de alto valor biológico traz, precisam avaliar com muito cuidado e muita informação como pretendem se alimentar para não ter deficiências nutricionais. A simples supressão de carnes vermelhas da dieta pode ser uma atitude arriscada e que pode trazer prejuízos a saúde.

Uma dieta variada e balanceada que inclua carne bovina magra pode ajudar a prevenir a deficiência de ferro. A adoção de boas práticas alimentares, associadas ao consumo regular de alimentos variados e frescos, é a forma mais segura para garantir o fornecimento diário de ferro, e assim prevenir a ocorrência da anemia e de seus efeitos.

Saiba mais sobre o ferro clicando aqui.